Saúde admin

Você Conhece Os Efeitos Colaterais Da Solidão?

Você conhece os efeitos colaterais da solidão? A solidão te dá a oportunidade de se concentrar em alguma atividade relaxante. No entanto, se acostumar com a solidão afeta sua saúde.

Às vezes, estar só é uma necessidade. Existem tantos estímulos externos que precisamos nos encontrar com nós mesmos, assim que esta nos parece a melhor opção. E é verdade que é.

Mas, como é bom quando se prolonga no tempo? Se você é uma pessoa que gosta muito da vida solitária, certamente alguém te disse que essa atitude não pode ser saudável. Quem terá razão?

Em parte, sim. Não obstante, também é verdade que a solidão nos oferece benefícios. Como dissemos antes, a solidão é necessária para saber o que sentimos, para nos conhecer melhor.

Além disso, é importante ter esses momentos para avaliar com calma o exato momento em que estamos e tomar decisões em conformidade com cada situação.

É habitual que nos deixemos levar pelos acontecimentos, de forma que, quando paramos, nos damos conta de que não estamos onde queremos.

Isto acontece porque faltam espaços para a reflexão sobre o que acontece na nossa vida.

No entanto, isso varia quando, como dissemos, a situação se prolonga. Os efeitos secundários da solidão, neste caso, podem se tornar graves se não detectarmos os indícios de que algo estranho está acontecendo.

Será Que Realmente Você Conhece Os Efeitos Colaterais Da Solidão?

Neste sentido, é importante conhecermos as suas consequências para decidirmos se estamos manejando bem ou não cada situação.

 

Quais são os efeitos secundários da solidão?

Agora que você conhece os efeitos colaterais da solidão, quais seriam os efeitos secundários da mesma?

Distorção da realidade

Você conhece os efeitos colaterais da solidão?

Você conhece a expressão “quatro olhos vêem mais do que dois”? Como acontece com a maioria dos provérbios, tem sua parte de verdade.

Quando conversamos com os outros, o que fazemos é trocar pontos de vista diferentes. Estes nos ajudam a contrastar o que nós sentimos com o que os outros vêem.

Se estamos acostumados a conversar, percebemos que não são poucas as ocasiões em que as impressões externas nos ajudaram as ter julgamentos mais equilibrados.

O que acontece com a solidão é que a pessoa não tem essas informações. Por isso, corre o risco de ficar obcecada com suas próprias idéias, de tal forma a construir uma visão distorcida do mundo.

Isto é o que nos leva a pensar na vida em termos extremos e costumamos generalizar.

Por exemplo, se um colega não te recepciona bem quando você chega ao trabalho, você começa a se questionar ao longo da jornada de trabalho e ao terminar o dia, conclui que ele tem algo contra ti.

No entanto, se tivesse perguntado a esse colega ou se tivesse contado a outro colega, talvez lhe teriam dado uma explicação muito mais tranquilizante.

 

A ansiedade é outro efeito secundário da solidão

Você conhece os efeitos colaterais da solidão?

O exemplo acima é apenas um de tantos. Pense agora em todas as circunstâncias semelhantes que ocorrem ao longo de 24 horas.

Multiplique-as por uma semana e assim por diante, então quantas vezes iria acreditar que alguém tem odeia?

Este estado de desconfiança contínua só pode desembocar em um quadro de ansiedade mais ou menos leve.

Além disso, isto se agrava quando essas idéias distorcidas referem-se também a si mesmo.

Você comete dois erros em casa ou no trabalho, e de repente, começam a aparecer frases como “é inútil” em sua cabeça.

Assim, você não confia nos outros, não confia nem em si, não fala com ninguém que possa reforçar a sua auto-estima, ou complementar o que você acha sobre o resto.

A ansiedade é desencadeada e esta intensifica suas distorções, e assim começa a girar uma roda muito difícil de parar.

 

Depressão

Você conhece os efeitos colaterais da solidão?

Se unirmos o isolamento, a suspeita generalizada e ansiedade, o resultado é a falta de esperança e a perda do sentido da vida.

Quando tudo o que se vê é negativo e você não encontra nenhum tipo de estímulo positivo, viver se torna muito complicado.

Embora o seu trabalho é importante para ti, no fundo, a felicidade está ligada à nossa relação com o mundo.

Por isso, as redes sociais digitais tiveram tanto sucesso. Precisamos contar o que nos passa, o muito que nos tem divertido, mas também o mal que estamos passando e o extraordinário, que foi o último restaurante que nós fomos ou o último destino de nossas férias.

Esse reviver dos acontecimentos para voltar a desfrutá-los ou para nos sentirmos acompanhados em nossa dor é básico para nós.

No entanto, estes efeitos secundários da solidão aparecem quando não se trata de uma escolha, mas quando esta é imposta.

Em consequência, o ideal é combinar momentos de meditação, reflexão ou diversão solitárias com interações sociais além do trabalho, seja dentro ou fora de casa.

 

 

 

Sobre o autor | Website